Polícia prende autor de tentativa de homicídio em Águas Claras

Homem foi detido na manhã desta sexta-feira (9/8), um dia após disparar contra André Macedo Santos, 38 anos, na saída de uma padaria

 

Crime ocorreu na noite de quinta-feira (8)(foto: EdAlves/CB/D.A Press)
 
A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (9/8) o autor de uma tentativa de homicídio em Águas Claras. O crime ocorreu por volta das 20h de quinta-feira (8/8), e o suspeito, de 52 anos, estava foragido.
“Foram realizadas buscas em diversos locais e possíveis endereços nos quais o suspeito pudesse estar escondido, inclusive com familiares”, divulgou a Polícia Civil, em nota. O homem foi localizado pelos agentes em Alexânia (GO). Como a investigação foi ininterrupta, o autor foi preso em situação de flagrante.
O homem detido nesta sexta-feira disparou quatro vezes contra André Macedo Santos, 38 anos, na Quadra 203. A vítima estava saindo de uma padaria com uma caixa de pizza e foi abordado pelo acusado, que estava em uma moto.
Segundo testemunhas, os dois teriam discutido e o motociclista havia sido empurrado por André. Após o ocorrido, o suspeito teria disparado. A vítima foi atingida na boca, nos dois braços e na perna, e foi encaminhada com vida para o Hospital de Base.
Não há informações atualizadas sobre o estado de de saúde da vítima. Segundo uma moradora que preferiu não se identificar, os dois envolvidos são cunhados. Agentes da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) investigam o crime para elucidar o que ocorreu.
ENTENDA O CASO
Um morador de Águas Claras foi vítima de quatro disparos de arma de fogo por volta das 20h desta quinta-feira (8/8). A tentativa de homicídio aconteceu na Quadra 203 da região administrativa, em frente ao edifício Spazio Brisas e próximo à Praça das Andorinhas. Segundo testemunhas, André Macedo Santos, 38 anos, havia acabado de sair de uma padaria. Ele caminhava na rua com uma caixa de pizza quando foi abordado por um homem em uma moto.
Os dois teriam discutido e, em seguida, o motociclista, que ainda não teve a identidade divulgada, foi empurrado por André. Ao se levantar, o suspeito efetuou cerca de cinco disparos contra a vítima e fugiu. Até a última atualização desta matéria, ele ainda não havia sido encontrado.

Uma das balas estilhaçou a porta de vidro de entrada do condomínio. André correu para a praça e caiu no chão pedindo ajuda. O local estava repleto de moradores, e a vítima conseguiu, ainda, informar o número do apartamento em que vive com a namorada. Testemunhas relataram que, assim que ela desceu, desmaiou ao ver a cena.

Uma poça de sangue, isolada por uma faixa da perícia, marca o local em que André caiu. Ele foi atingido na boca, nos dois braços e na perna, mas foi encaminhado com vida para o Hospital de Base. Ainda não há informações atualizadas sobre o estado de de saúde da vítima. Segundo uma moradora que preferiu não se identificar, os dois envolvidos eram cunhados. Agentes da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) investigam o crime no local.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente