Pipocando: Bolsonaro vira Capitão América em vídeo que circula nas redes sociais

“Releitura” de cena do filme Vingadores: Ultimato convoca população para manifestação no dia 15 de março

 

Um vídeo que circula em redes sociais e apps de mensagens “transformou” o presidente Jair Bolsonaro no personagem Capitão América, da editora Marvel. Nas imagens, Bolsonaro trava uma luta contra o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, contra o Foro de São Paulo e contra veículos de comunicação, como Folha de S. Paulo, Rede Globo, Jovem Pan e Bandeirantes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O vídeo, de quase seis minutos, ainda trazem personagens como o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, entre outros.

Ao final, o vídeo traz a mensagem de que a “batalha” continua no dia 15 de março. Nesta data, apoiadores de Bolsonaro prometem ir às ruas para manifestar contra o Congresso Nacional. O ato ganhou força após o presidente compartilhar, pelo WhatsApp, um vídeo de convocação à população.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Manifestação
A manifestação do dia 15 tem teor anti-Congresso e anti-STF. Após o compartilhamento de Bolsonaro, as redes sociais registraram diversas menções ao ato. No Twitter, houve um aumento de 550% no número de menções ao assunto em 48 horas, segundo levantamento feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas, da FGV (DAPP-FGV), a pedido do jornal O Estado de S. Paulo. Já no Facebook, as interações saltaram de altaram de 490 mil para 7,4 milhões – mais de 1.400% em 48 horas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Paulo Tavares

Paulo Tavares Jornalista redator responsável pelo portal DF em FOCO. Reg, 0010479/DF Meu compromisso é com a verdade. Doa a quem doer...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Advertisment ad adsense adlogger