MP amplia investigação para determinar onde está dinheiro da venda da Celg D

Em portaria, promotora exige documentos para verificar se houve prejuízo ao patrimônio público, se Estado tucano beneficiou Enel ao assumir dívidas e se empresa italiana cumpre o contrato de concessão

MP amplia investigação para determinar onde está dinheiro da venda da Celg D
Sede da antiga Celg (Foto: divulgação/MP)
 A investigação sobre a venda da Celg Distribuição (Celg D) pelo Governo de Goiás, em 2017, no Ministério Público (MP) será ampliada. O objetivo do inquérito em andamento é averiguar se a privatização culminou, de alguma forma, em prejuízo ao patrimônio público. Agora, a promotora Leila Maria de Oliveira, por meio de uma portaria, determinou que as buscas devem averiguar qual foi a destinação dos R$ 800 mil obtidos pelo Estado coma transação. Conforme noticiou, há indícios de que os recursos não tenham sido aplicados no aprimoramento da infraestrutura estadual, principal razão apontada para a venda.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente