Menores dizem ter matado motorista de aplicativo após vítima reagir

 

ENQUETE

Sorry, there are no polls available at the moment.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os Cinco adolescentes foram apreendidos pela Polícia Militar nesse domingo (13/10/2019). Eles são suspeitos de roubar e matar um motorista de aplicativo. Os menores estavam com o carro e outros pertences da vítima. À PM, eles deram detalhes do crime e disseram que estrangularam a vítima porque Henrique Fabiano Dias Coelho, 25 anos, reagiu ao assalto. O corpo do rapaz foi encontrado no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) por um taxista. Em 48 horas, dois condutores de app morreram no Distrito Federal.

LEIA MAIS

Trabalhadores mortos: Dois motoristas de aplicativo, são assassinados enquanto trabalhavam no DF

Vídeo:Adolescentes suspeitos de terem envolvimento na morte de motorista de app são apreendidos

 

Policiais faziam ronda no Guará quando um HB20 branco (foto em destaque), na QE 30. Ao perceberem a aproximação da viatura, os suspeitos invadiram a calçada com o carro, mas foram alcançados e abordados. O menor que dirigia o automóvel ainda tentou sair correndo, mas foi capturado. Durante a fuga, ele jogou a chave do carro na rua.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dentro do veículo, os policiais encontraram simulacro de pistola, facão, faca, canivete, cinco celulares, R$ 103 em espécie, além da Carteira de Habilitação da vítima. Três menores confessaram a morte por estrangulamento da vítima. Eles disseram que saíram de uma festa e pediram um carro de aplicativo. No meio do caminho, anunciaram o roubo e depois deram uma gravata na vítima.

Momento da apreensão filmada:

Ao chegar na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), foi confirmado que um dos adolescentes tinha mandado de busca e apreensão em aberto por ato infracional análogo ao crime de roubo. Os outros também colecionavam várias passagens por tráfico, assalto, furto e porte de arma de fogo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Henrique foi encontrado com sinais de esganadura e sem um sapato na madrugada de domingo. Um taxista o viu caído no Setor de Transportes de Cargas, nas proximidades da Cidade do Automóvel, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal. O Corpo de Bombeiros foi ao local e verificou que a vítima estava sem vida.

No bolso de Henrique, os policiais encontraram nota fiscal de compra em um mercado da 402/403 Sul, constando horário de 20h02 de domingo, e uma sacola plástica do mesmo estabelecimentos — ambos apreendidos pela perícia. As equipes também localizaram uma aliança de prata no local, que provavelmente pertence a Henrique.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Advertisment ad adsense adlogger