Menores dizem ter matado motorista de aplicativo após vítima reagir

 

ENQUETE

Como você avalia a Gestão do Governador Ibaneis Rocha até agora?

  • Péssima (66%, 2.268 Votos)
  • Ruim (17%, 591 Votos)
  • Regular (9%, 317 Votos)
  • Boa (5%, 169 Votos)
  • Excelente (4%, 137 Votos)

Total de Participantes:: 3.482

Carregando ... Carregando ...

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os Cinco adolescentes foram apreendidos pela Polícia Militar nesse domingo (13/10/2019). Eles são suspeitos de roubar e matar um motorista de aplicativo. Os menores estavam com o carro e outros pertences da vítima. À PM, eles deram detalhes do crime e disseram que estrangularam a vítima porque Henrique Fabiano Dias Coelho, 25 anos, reagiu ao assalto. O corpo do rapaz foi encontrado no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) por um taxista. Em 48 horas, dois condutores de app morreram no Distrito Federal.

LEIA MAIS

Trabalhadores mortos: Dois motoristas de aplicativo, são assassinados enquanto trabalhavam no DF

Vídeo:Adolescentes suspeitos de terem envolvimento na morte de motorista de app são apreendidos

 

Policiais faziam ronda no Guará quando um HB20 branco (foto em destaque), na QE 30. Ao perceberem a aproximação da viatura, os suspeitos invadiram a calçada com o carro, mas foram alcançados e abordados. O menor que dirigia o automóvel ainda tentou sair correndo, mas foi capturado. Durante a fuga, ele jogou a chave do carro na rua.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dentro do veículo, os policiais encontraram simulacro de pistola, facão, faca, canivete, cinco celulares, R$ 103 em espécie, além da Carteira de Habilitação da vítima. Três menores confessaram a morte por estrangulamento da vítima. Eles disseram que saíram de uma festa e pediram um carro de aplicativo. No meio do caminho, anunciaram o roubo e depois deram uma gravata na vítima.

Momento da apreensão filmada:

Ao chegar na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), foi confirmado que um dos adolescentes tinha mandado de busca e apreensão em aberto por ato infracional análogo ao crime de roubo. Os outros também colecionavam várias passagens por tráfico, assalto, furto e porte de arma de fogo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Henrique foi encontrado com sinais de esganadura e sem um sapato na madrugada de domingo. Um taxista o viu caído no Setor de Transportes de Cargas, nas proximidades da Cidade do Automóvel, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal. O Corpo de Bombeiros foi ao local e verificou que a vítima estava sem vida.

No bolso de Henrique, os policiais encontraram nota fiscal de compra em um mercado da 402/403 Sul, constando horário de 20h02 de domingo, e uma sacola plástica do mesmo estabelecimentos — ambos apreendidos pela perícia. As equipes também localizaram uma aliança de prata no local, que provavelmente pertence a Henrique.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente