Homem não aceita novo relacionamento da ex e a mata a facadas no DF

Vizinhos chegaram a socorrer a mulher e levá-la ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa), mas ela não resistiu aos ferimentos

Rafaela Felicciano/Metrópoles





Uma mulher foi morta nesta quinta-feira (12/09/2019) com duas facadas. O autor, segundo informações da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), é o ex-companheiro de Lilian Cristina da Silva Nunes, 25 anos, que não aceitava o novo relacionamento dela. O crime aconteceu no Núcleo Rural Boqueirão, às 8h50.

De acordo com informações preliminares, o casal, embora separado, residia no mesmo lote. O agressor não teria aceitado o fato de o novo namorado da mulher passar a noite com ela. Assim, logo pela manhã, a abordou, brigou com ela e desferiu os golpes na perna e nas costas.




Vizinhos chegaram a socorrer a mulher e levá-la ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa), mas ela não resistiu aos ferimentos. Após o assassinato, Jhonnatan Neto, 36, foi preso por populares e foi autuado em flagrante na delegacia. As testemunhas estão sendo ouvidas na unidade policial.




O assassino tem 41 anos, é servidor público e trabalha em um dos centros de internação de jovens infratores no DF. Vítima e autor moravam no Núcleo Colombo Cerqueira. O crime teria sido motivado por ciúmes que o ex marido sentia em função do novo relacionamento dela. Os dois brigaram depois que ela voltou para casa, após supostamente ter dormido com o novo namorado. A vítima chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu com uma perfuração no coração.




A princípio, o caso está sendo investigado como feminicídio. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública no DF, de janeiro a agosto deste ano foram registrados 19 feminicídios na capital do país.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente