Como comprar um apartamento em Brasília: tudo o que você precisa saber

Mudar para um novo local envolve situações emocionantes, mas também estressantes. Afinal, se espera que tudo saia de um modo perfeito, desde encontrar a localização ideal até o layout e as comodidades ideais para se viver confortavelmente – pagando algo justo por isso, é claro!

Mas, antes de encontrar o apartamento dos seus sonhos e assinar um contrato de compra e venda, há algumas perguntas cruciais que você deve responder. E é com base nestes elementos que esse post visa te ajuda a saber os principais detalhes que envolvem a compra de um apartamento. Acompanhe!

1. Concentre-se no local em que deseja morar

A localização é possivelmente o aspecto mais importante a ser considerado antes de procurar por um apartamento em Brasília. Se você deseja estar perto de seu trabalho, escola ou família, verifique se o local do seu futuro espaço está a uma curta distância ou perto de seu sistema de transporte público. Também leve em consideração o tráfego potencial da região a ser escolhida em momentos cruciais, como a hora do rush. Um local a apenas 10 minutos de distância de sua casa, com engarrafamentos, pode te fazer desperdiçar mais de uma hora no trânsito nos momentos de ida e retorno do trabalho. Então, considere isto ao escolher o local aonde irá comprar seu apartamento!

2. Encontre o seu layout ideal para você!

Dependendo do tamanho e da estrutura de um apartamento – seja ele para finalidade familiar ou mesmo para um indivíduo solteiro, os layouts de um apartamento podem ser totalmente diferentes. Mesmo dentro de um mesmo prédio, é possível encontrar plantas imobiliárias com projetos e estilos variados, todos com a mesma metragem quadrada. Alguns podem incluir recantos de leitura e escritórios, enquanto outros renunciam a áreas pequenas ou separam espaços entre salas de jantar e quartos. É crucial determinar se um layout funcionará ou não com seu estilo de vida e rotina familiar. Se você trabalha em casa, por exemplo, não se acomode em um local sem a área designada para um escritório – pois isso pode tornar sua casa uma verdadeira bagunça. Já se você é o perfil de pessoa que adora socializar, recebendo com uma certa frequência convidados e realizando momentos de amizade e festas, fique de olho nas áreas de entretenimento ou mesmo nos espaços internos, verificando se eles são adequados para o seu perfil.

3. Avalie o espaço

Durante os passeios para conhecer um apartamento usado, leve um caderno ou tablet para registrar os detalhes da propriedade – vale à pena colocar numa planilha os imóveis que você mais gostar, pois isso te ajudará a definir com mais racionalidade qual é o modelo ideal para você. Pergunte-se se a tinta precisa ser renovada, ou se o fogão que parece ser da década de 90 precisará ser substituído… Existe algum dano visível? É melhor tirar fotos do que você observa. E quando se trata de danos, verifique se o proprietário também toma nota dos itens, pois isso pode favorecer uma negociação de valores posterior. No caso de apartamentos na planta ou que serão entregues para você ser o primeiro usuário, fique atento a todos os seguros e garantias que possam ser oferecidos diretamente pela construtora, como a situação de um vazamento ou problemas com itens instalados durante o processo de construção do imóvel. Tenha tudo devidamente registrado e comprovado, inclusive por meio de uma documentação assinada. Somente assim você poderá se eximir de possíveis problemas após a entrega das chaves – evitando muita dor de cabeça.

4. Considere as comodidades

O que é importante para você? Uma lavadora e secadora em casa ou comunitária? Uma academia compartilhada, vagas adicionais de estacionamento ou áreas de armazenamento de malas e ferramentas na sua garagem? Certifique-se de obter informações sobre todos esses itens correlatos ao visitar um imóvel. Questione o corretor de imóveis a respeito de taxas imobiliárias, como o valor de IPTU no apartamento da região desejada, além de regras para ter animais de estimação, custos de manutenção que estariam inclusos no condomínio (como taxa de água, gás, retirada de lixo, dentre outros. Todos os valores adicionais que seu condomínio possua, contém um custo importante a ser levado em consideração quando você tritura os números. Se o preço de uma taxa de condomínio tiver a taxa mensal de R$ 400 reais para gastos, a depender das comodidades que morar num apartamento mais bem equipado tiver, este valor pode saltar algumas centenas de reais, trazendo um impacto significativo para sua economia familiar. Por isso, analise com cuidado estes fatores!

5. Pergunte a si mesmo se você realmente pode pagar

Este é um grande problema. Antes de assinar um contrato de compra de apartamento, compare as propriedades vizinhas. O preço é semelhante a outros imóveis na região? Se for um pouco mais caro, inclui comodidades que valem a pena? Então, é importante se perguntar se você pode ou não pagar confortavelmente para adquirir o imóvel em questão. Você tem economias suficientes para pagar à vista? Se deseja financiar uma parte do valor, o seu emprego é uma garantia? Enquanto estiver avaliando os custos, faça um orçamento de outras despesas mensais também, inclusive outras dívidas pessoais, como parcelamentos de cartão de créditos ou mesmo financiamentos de carros, escola dos filhos, plano de saúde, etc.

6. Antes de assinar, leia atentamente o contrato

Depois de encontrar a propriedade certa, leia as letras pequenas no contrato de compra e venda do apartamento que você escolheu como sua próxima casa. Confira se tudo o que foi acordado está contido no documento, especialmente prazos de pagamentos, taxas, formato de escrituras e comissão aos corretores de imobiliárias em Brasília. Verifique também o prazo dado para mudança. No que se refere a possíveis financiamentos, confira o valor dos pagamentos mensais que você deve fazer para o banco, além de ter clareza sobre a prática de juros que será realizada, pois eles devem ser claramente especificados. Antes de assinar, certifique-se de entender completamente o contrato – se você tiver qualquer dúvida, peça ajuda a um profissional da área de Direito.

Agora que você sabe os passos a seguir para encontrar o local dos seus sonhos, comece a procurar o apartamento ideal para as suas necessidades!

Gostou destas dicas? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Advertisment ad adsense adlogger