Após tentar matar a mãe em SP, suspeito se muda para MT e arranca coração da tia

Lumar Costa da Silva arrancou o órgão e entregou à filha da vítima, prima dele. Ele foi preso sem demonstrar arrependimento

 

Lumar Costa da Silva, de 28 anos, é suspeito de crimes bárbaros em São Paulo e no Mato Grosso. Ele se mudou para MT após tentar matar a própria mãe em Campinas-SP. Mas o pior ainda estava por vir: Em Sorriso-MT, ele matou a tia (Maria Zélia da Silva, 55), arrancou o coração da senhora e entregou o órgão para a prima, filha da vítima.

Maria Zélia tinha 55 anos. Foto: arquivo pessoal

A informação foi divulgada pelo delegado André Ribeiro ao portal G1. Considerado um rapaz inteligente, Lumar é técnico em redes de sistema e fala duas línguas. Ele chegou a Mato Grosso na última sexta-feira (28/6) e, no mesmo dia, começou a entregar currículos na cidade.

 

Lumar morar no estado matogrossense após se desentender com a mãe — e tentar matá-la — em São Paulo. Chegando em Sorriso, a tia o abrigou, mas pediu aos demais membros da família tirassem ele de casa porque ele começou a causar problemas. “No final de semana ele arrumou uma confusão com vizinhos e, com um facão, ameaçou matar pessoas e crianças na rua. Depois desse acontecimento a tia [vítima] pediu para que a família tirasse ele da casa”, comentou o delegado André Ribeiro.

Além disso, Lumar usava drogas, comportamento que Maria Zélia repudiava por ser religiosa. Mesmo desaprovando, a família arranjou uma quitinete para o homem morar e não ficar sem teto. No entanto, não foi o suficiente para contentá-lo.

“Como Eliminar de 5 à 10 kg nos Próximos 21 dias e Chegar ao Seu Peso Ideal em Tempo Recorde!”
Lumar não tinha antecedentes criminais. Foto: arquivo pessoal

QUE TAL AQUELE BUMBUM LINDO?

Após ser convidado a sair da casa, Lumar cometeu o crime bárbaro. “Ele tirou a vida da tia, abriu o corpo e retirou o coração. Colocou o coração em uma sacola plástica de mercado e levou para a casa da filha da vítima, deixando em cima da mesa”, detalhou o delegado. Segundo o perito Nilson Carlos Dalberto, o suspeito usou duas facas para matar a vítima. A mulher tinha três ferimentos, no pescoço e no tórax. “Ela [a mulher morta] apresenta espuma na boca, o que muito provavelmente indica que, durante a abertura do tórax, essa vítima ainda estava respirando. Não é possível afirmar se ela estava consciente ou não. É um fato completamente fora do comum, muito diferente do que a gente está acostumado a ver”, declarou Dalberto.

Na sequência do crime, Lumar roubou o carro desta filha (prima dele) e saiu pela cidade até bater em um transformador de energia. A Polícia Militar o encontrou andando a pé, bastante transtornado. O delegado deve pedir exame psiquiátrico do homem, que está preso na delegacia da Polícia Civil de Sorriso.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente