Servidora chama jovem de ‘negrinha’ e é detida por injúria racial no DF, diz PM

0
73

Mulher de 56 anos foi autuada em flagrante após supostas ofensas; ela disse à polícia que foi ameaçada de morte. Na delegacia, suspeita pagou fiança de R$ 1,5 mil e foi liberada.

Fachada da 13ª Delegacia de Polícia, em Sobradinho, no Distrito Federal (Foto: Google Maps/Reprodução)

Fachada da 13ª Delegacia de Polícia, em Sobradinho, no Distrito Federal (Foto: Google Maps/Reprodução)

Uma servidora pública da Junta Militar de Sobradinho, no Distrito Federal, foi autuada por injúria racial na tarde desta segunda-feira (28). Segundo a Polícia Militar, testemunhas relataram que ela chamou uma jovem de “negrinha” durante uma discussão. A mulher, de 56 anos, foi liberada após pagar fiança no valor de R$ 1,5 mil.

A discussão teria começado enquanto a mulher atendia um rapaz que foi obter o certificado de reservista do Exército, acompanhado da namorada. Testemunhas disseram à PM que o casal ameaçou a servidora e, em resposta, ela chamou a jovem pelo termo ofensivo.

De acordo com a ocorrência, a mulher negou ter realizado ofensas de cunho racial e disse ter sido ameaçada de morte pelo casal.

Ela foi autuada em flagrante por injúria racial e vai responder em liberdade. A 13ª DP (Sobradinho) investiga o caso.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA