Preso homem que comandava o PCC em Goiás

0
244

Fernando Henrique (de bermuda azul e tatuagem nas costas) estava foragido desde 2015. Foto: Lucas Móbille

 

Líder de organização criminosa especializada em roubo de veículos, Fernando Henrique de Oliveira Ribeiro, 28 anos, tinha dois mandados de prisão em aberto. Comandante-geral da facção criminosa PCC em Goiás, ele fugiu do Presídio de Cristalina (GO) em 2015 e foi preso em operação da Polícia Civil nesta quinta-feira (19).

Fernando responde a um inquérito policial por roubo circunstanciado e mantém dois pedido de prisão preventiva em aberto, referente a processos que tramitam na justiça goiana. Segundo a Delegacia e Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), ele era o principal alvo da Operação Circuitus. As investigações o apontam como receptador de veículos e falsificador de documentos.

Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensão em Sobradinho, Santa Maria e Valparaíso, na Região Metropolitana do Distrito Federal.

Os investigados devem responder por associação criminosa armada, roubo circunstanciado, receptação, falsificação de documento público e adulteração de sinais identificadores. Se condenados por todos os tipos penais, podem ficar por mais de 30 anos em reclusão.

Divisão de trabalho

O grupo criminoso agia de forma organizada. Parte dos integrantes era responsável pela execução dos roubos, parte ocultava os carros em municípios da Região Metropolitana do DF para que fossem modificados. O principal destino era Valparaíso (GO).

Enquanto os veículos escondidos “esfriavam”, outros integrantes do grupo providenciavam a documentação. A investigação aponta que criminosos tinham a facilidade de certificar os dados falsos. Com os papéis, os carros eram revendidos.

Os outros detidos são Diego Felix Rodrigues da Silva, vulgo Baianinho, Jardeon Dias Carneiro, Fábio Júnior da Silva Pereira, Lucas Marques Rodrigues e Susan Monique de Carvalho Silva. Todos têm passagens policiais.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA