Polícia britânica prende fundador do WikiLeaks Julian Assange

Ele foi preso na embaixada do Equador, na Inglaterra

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, refugiado desde 2012 na embaixada do Equador em Londres, foi detido nesta quinta-feira pela polícia britânica depois que o governo de Quito retirou o asilo diplomático, informou a Scotland Yard.

 

“A polícia metropolitana foi convidada à embaixada pelo embaixador (do Equador) após a retirada do asilo pelo governo equatoriano”, afirma uma comunicado.

 

Assange foi levado para uma delegacia do centro de Londres, onde permanecerá até uma audiência com um juiz o mais rápido possível, completa a nota oficial.

 

Pelo Twitter, o presidente do Equador, Lenín Moreno, postou um vídeo explicando a prisão de Assange.  “O Equador decidiu, de forma soberana, retirar o asilo diplomático a Julian Assange por violar repetidamente convenções internacionais e protocolos de convivência”, escreveu no microblog.

 

Vídeo incorporado

Lenín Moreno

@Lenin

Ecuador decidió soberanamente retirar el asilo diplomático a Julian Assange por violar reiteradamente convenciones internacionales y protocolo de convivencia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente