Pés de maconha são encontrados na Floresta Nacional, em Brasília

0
43

Ciclistas que faziam trilha chamaram PM. Polícia suspeita que plantas sejam de frequentadores da Flona.

PMDF apreendeu vasos com pés de maconha na Floresta Nacional de Brasília neste domingo (19) (Foto: PMDF/divulgação)

PMDF apreendeu vasos com pés de maconha na Floresta Nacional de Brasília neste domingo (19) (Foto: PMDF/divulgação)

Ciclistas que faziam uma trilha na Floresta Nacional de Brasília (Flona) chamaram Policiais Militares do Batalhão Rural do Distrito Federal durante a tarde deste domingo (19). Eles denunciaram ter encontrado “plantas estranhas” no local.

Ao chegar na área, próxima a uma entrada desativada da Flona, os policiais encontraram vasos com mudas de maconha. A suspeita, é de que a plantação tenha sido cultivada por frequentadores do parque.

Os vasos foram levados para a 12ª Delegacia de Polícia, onde as plantas serão analisadas para confirmar que se trata da droga. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Não foi a primeira vez

Pés de maconha encontrados na Floresta Nacional de Brasília (Foto: PMDF/divulgação)

Pés de maconha encontrados na Floresta Nacional de Brasília (Foto: PMDF/divulgação)

Esta não foi a primeira vez que ciclistas chamaram a PM depois de encontrar pés de maconha na Flona. Em agosto do ano passado, pelo menos 10 vasos com mudas da planta foram encontrados no local.

Na época, os policiais do Batalhão Ambiental localizaram também alguns utensílios utilizados para o cultivo como regador, tesoura, adubo e dois baldes vazios. Segundo a PM, “provavelmente as plantas desses baldes já haviam sido consumidas”.

Floresta Nacional de Brasília

Participantes do Verdejando fazem trilha na Flona, em Brasília (Foto: TV Globo/Reprodução)

Participantes do Verdejando fazem trilha na Flona, em Brasília (Foto: TV Globo/Reprodução)

A Floresta Nacional de Brasília foi criada em 1999 como uma medida de proteção das nascentes que mantêm a bacia do Descoberto. Ela fica a 22 km do centro da capital, e não há cobrança de entrada para os visitantes.

A área de visitação fica ao lado da BR 070, próximo à Taguatinga. O espaço tem diversas trilhas: a maior, em formato circular, possui 44 quilômetros de extensão, totalmente sinalizados, e apresenta diferentes níveis de dificuldade.

Há ainda opções de circuitos menores de 30, 20, 10 e 5 quilômetros. Esses podem ser utilizadas por pessoas de todas as idades.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA