PARANOÁ – MULHER É PRESA AO OFERECER ADOLESCENTE PARA FAZER PROGRAMA POR R$ 30

A suspeita chegou a dizer que a vítima era filha dela. Crime ocorreu no Paranoá

 

Uma mulher e um homem foram presos na noite dessa quinta-feira (7/3) por estupro de vulnerável. Segundo a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), a suspeita ofereceu uma menina de 12 anos ao autor, como se a garota fosse filha dela, e cobrou o valor de R$ 30.

De acordo com as investigações, as duas se conheciam. Na tarde de quinta, a suspeita chegou a ameaçar a menor com uma faca “por outra história” e, em seguida as duas entraram no carro do autor.

A criança ficou trancada no veículo enquanto os dois negociaram o valor, que foi fechado em R$ 30. Após o estupro, o homem levou a vítima para a casa da suspeita. “Ela é usuária de drogas. Acreditamos que usou a quantia para comprar entorpecentes”, explicou a delegada-chefe da 6ª DP, Jane Klébia.

O caso foi denunciado pelos pais da vítima. “Eles chegaram aqui e nos contaram tudo o que aconteceu. A menor relatou o caso para a família. Disse que a suspeita chegou a chamá-la de “filhona” na frente do homem. Imediatamente, fomos atrás e conseguimos localizar e prender os dois”, detalhou a policial.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente