Padrasto confessa ter usado mão de pilão para matar o enteado de dois anos, em Goiânia

Polícia descobriu que no dia após o crime casal tentou incendiar a casa onde moravam para apagar provas. Sangue da criança foi encontrado embaixo da cama
Padrasto confessa ter usado mão de pilão para matar o enteado de dois anos, em Goiânia
Gedeon Alves dos Santos, de 24 anos, e Bruna Lucinda Batista Ferreira, de 28 anos, foram presos na semana passada (Foto: Mais Goiás)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Entre em nosso grupo