Mulher é agredida após flagrar o marido com a amante em Samambaia

0
777

 

Em menos de 24 horas, a Polícia Militar recebeu onze chamados para atendimento de violência doméstica. De acordo com a corporação, as ocorrências foram registradas de 6h às 22h deste domingo (29), em diversas regiões do Distrito Federal. Na maioria dos casos, os policiais militares conseguiram resolver a situação no local. Nos demais, porém, as ocorrências foram encaminhadas para delegacia.
Às 6h, um homem de 42 anos foi encaminhado à delegacia, após ameaçar a agredir os pais. Segundo a PM, o suspeito quebrou a janela e o portão da residência das vítimas e invadiu o local. Depois de discutir com os idosos, o homem os agrediu. O motivo da briga não foi revelado.
Pouco mais de duas horas depois, a corporação foi acionada para conter um homem de 25 anos, em Santa Maria. O suspeito foi preso depois de quebrar a porta de vidro da casa, onde mora com a esposa e os filhos, e ameaçá-los.
Em Samambaia, às 9h30, uma mulher de 22 anos foi agredida após flagrar o marido com a amante, na residência do casal. Segundo a vítima, os dois partiram para cima dela no momento em que foram flagrados. Quando a PM chegou no local, os supostos agressores já haviam fugido. A mulher foi encaminhada à 26ª Delegacia de Polícia, onde registrou ocorrência.
Cerca de 15 minutos depois, policiais militares se deslocaram para atender uma briga entre pai e filha, no Recanto das Emas. De acordo com a corporação, a menina, de 14 anos, apresentava ferimentos na boca e o pai, de 36 anos, arranhões no corpo. Ambos apresentavam sintomas de embriaguez, segundo a PM. O homem foi levado para a 27ª Delegacia de Polícia, onde foi autuado, e a menina encaminhada à Delegacia da Criança e do Adolescente.
Por volta das 9h50, o filho de um casal acionou a corporação no momento em que flagrou o pai, de 48 anos, batendo na mãe, de 42. O crime aconteceu na casa da família, em Santa Maria.
Já no início da tarde, a PM foi acionada para o Núcleo Rural Monjolo, em Planaltina, para conter uma mulher que havia agredido o marido após ele chegar bêbado em casa. No momento em que a corporação chegou no endereço indicado, a suspeita já havia fugido.
No Guará, por volta das 15h45, policiais militares se deslocaram para um endereço em que um rapaz, de 30 anos, havia agredido a própria mãe, de 59. Segundo a corporação, o suspeito teve um ataque de fúria e precisou ser encaminhado ao hospital da região pelo Corpo de Bombeiros.
Às 16h15, a corporação foi acionada para conter um homem de 40 anos que estava ameaçando toda a família. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito estava armado com uma faca. O agressor foi detido e encaminhado à 20 Delegacia de Polícia.
Cinco minutos depois, em Samambaia, um homem foi agredido pela esposa depois de chegar embriada em casa. Assim como em Planaltina, a agressora fugiu após a ação.
Por volta das 17h40, a PM por um homem para conter uma briga entre as duas filhas, de 37 e 41 anos, no Recanto das Emas. Ambas foram encaminhadas para a 27ª Delegacia de Polícia.
Por fim, às 22h, um homem de 29 anos foi preso após agredir a namorada, de 22, com puxões de cabelo e enforcamento. O agressor foi encaminhado à 27ª Delegacia de Polícia, no Recanto das Emas, onde foi autuado. O estado de saúde da vítima não foi divulgado.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA