MPDFT denuncia sargento da Aeronáutica que matou a mulher e amigo dela

 

Juenil Bonfim foi acusado de homicídio qualificado e feminicídio. Vídeos mostram momento do crime. Foram nove minutos de terror

Reprodução/vídeoREPRODUÇÃO/VÍDEO

 

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Brasília denunciou, nesta quinta-feira (27/06/2019), Juenil Bonfim de Queiroz pelo homicídio do ex-vizinho Francisco de Assis Pereira da Silva e pelo feminicídio de sua mulher, Francisca Naidde de Oliveira Queiroz. O crime ocorreu no último dia 12 no apartamento do casal no Cruzeiro.

MUDE DE VEZ DE VIDA

De acordo com a acusação, o homem cometeu homicídio duplamente qualificado contra o ex-vizinho. No crime cometido contra a esposa, o Ministério Público sustenta a qualificadora de feminicídio. O sargento da reserva da Aeronáutica teria agido por motivo torpe, pois suspeitava que ambos estivessem mantendo um relacionamento amoroso. Para o MPDFT, ele também agiu com emprego de recurso que dificultou a defesa das vítimas, que se encontravam fechadas em um apartamento, de onde não poderiam sair facilmente.

MUDE DE VIDA, COMECE HOJE UMA HISTÓRIA DE SUCESSO

Em 12 de junho, Francisco da Silva e seu companheiro foram ao prédio onde residiram por um tempo no Cruzeiro para visitar amiga em comum. Eles foram chamados por Juenil, síndico do edifício, para que entrassem em seu apartamento. No local, o denunciado atirou contra a esposa e Francisco. O companheiro de Francisco não foi atingido. Após os disparos, o militar da reserva da Aeronáutica permaneceu no local, onde foi detido. Na delegacia, ele confessou ter matado os dois.

duplo homicídio foi gravado pela única testemunha ocular dos crimes. Marcelo Soares Brito, 40 anos, deixou o celular filmando os momentos que antecederam os tiros disparados pelo sargento. Companheiro de Francisco, ele presenciou toda a cena e só conseguiu escapar ileso porque correu do assassino.

FAÇA SEU NEGOCIO DECOLAR

Veja vídeos:

VÍDEO DO DUPLO HOMICÍDIO NO CRUZEIRO NOVO.

ATERRORIZANTEVÍDEO DO DUPLO HOMICÍDIO NO CRUZEIRO NOVO.Vídeo mostra minutos que antecedem a tragedia no Cruzeiro.Nove minutos de terror: testemunha filma duplo assassinato no DFO militar da reserva Juenil Bonfim matou a esposa, Francisca Naídde, e Francisco de Assis, 41, companheiro de Marcelo, que conseguiu fugirOduplo homicídio ocorrido na noite dessa quarta-feira (12/06/2019) em um apartamento no Cruzeiro Novo foi gravado pela única testemunha ocular dos crimes. Em quase 9 minutos de filmagem, a câmera do celular não capta imagens do momento dos crimes, mas é possível escutar toda a ação. A sensação de terror é crescente até chegar a barbárie, quando o sargento aposentado da Aeronáutica Juenil Bonfim de Queiroz, 56 anos, atira na cabeça de Francisco de Assis Pereira da Silva, 41, e contra a mulher do próprio militar, Francisca Naídde de Oliveira Queiroz, 58.O vídeo foi captado no celular de Marcelo Soares Brito, 40 anos, namorado de Francisco. O crime ocorreu no Bloco G da Quadra 1405, próximo ao terminal rodoviário da cidade.

Posted by DF Em FOCO on Thursday, June 13, 2019

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente