Justiça proíbe greve dos rodoviários nesta sexta-feira no DF

Decisão do TRT-10 determina ainda que 100% da frota circule no dia em que dezenas de categorias vão cruzar os braços em todo o país

Igo Estrela/Metrópoles

A Justiça do Trabalho concedeu, às empresas de ônibus do Distrito Federal, liminar que determina o funcionamento integral do transporte nesta sexta- feira (14/06/2019).

A desembargadora Maria Regina Machado Magalhães, do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10), deferiu pedido das companhias Urbi, Piracicabana, Marechal, Expresso São José e Pioneira.

A magistrada determina que 100% dos coletivos rodem no dia da greve geral contra a reforma da Previdência. A multa por descumprimento é de R$ 100 mil por empresa afetada.

Até a última atualização deste texto, as empresas não haviam sido notificadas da decisão e a reportagem não tinha conseguido contato com o Sindicato dos Rodoviários.

Conforme antecipado na segunda-feira, motoristas e cobradores haviam decidido aderir ao movimento grevista.

 

Aguarde mais informações

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com a gente