Haitiano preso por esfaquear policial é encontrado morto em cela da Papuda

0
63

O haitiano estava no Centro de Detenção Provisória desde sexta-feira (15/9). De acordo com a Sesipe, ele tinha sinais de asfixia mecânica

 
Um homem de 29 anos preso por esfaquear um policial civil em Samambaia Sul foi encontrado morto na cela nesta segunda-feira (18/9). O haitiano estava no Centro de Detenção Provisória (CDP), no Complexo Penitenciário da Papuda, desde sexta-feira (15). De acordo com a Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), ele tinha sinais de asfixia mecânica. Agentes penitenciários encontraram o corpo do preso quando passaram para vistoriar os espaços, procedimento comum no sistema penitenciário. O homem estava sozinho na cela.
A Sesipe informou que servidores acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para tentar reanimar a vítima, mas sem sucesso. O caso foi registrado na 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião). Ao constatar o óbito, policiais estiveram no CDP e no Instituto de Medicina Legal (IML) para fazer perícia.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, apenas o laudo pericial vai apontar as causas da morte do preso. A pasta informou que o homem deu entrada na unidade prisional na sexta-feira (15) e seguiu direto para atendimento médico, “pois estava bastante agressivo”. Ele chegou a ser medicado e passou algumas horas em observação no setor de enfermaria. “No fim da tarde, ainda agitado, o detento agrediu os demais que estavam no local e até alguns integrantes do corpo clínico.”
Naquele dia, equipes do Samu ainda foram ao local e fizeram os primeiros atendimentos. Logo depois, o homem foi transferido para uma cela do Pavilhão de Segurança, onde permaneceu isolado e não teve contato com outros custodiados.
O órgão explicou que “mesmo com o tratamento médico, o interno vinha apresentando instabilidade emocional. Ele também estava sendo medicado com antibiótico e anti-inflamatório para dor, febre e inflamação, pois estava com ferimento na perna”, informou.
O homem foi preso suspeito de esfaquear um policial civil do Distrito Federal em frente à 32ª Delegacia de Polícia (Samambaia Sul), por volta das 14h de quarta-feira (13/9). Ao receber uma vítima de agressão na delegacia e ir ao encontro do acusado, o agente foi ferido no rosto. O homem foi preso em flagrante e o policial, encaminhado para o Hospital Regional de Samambaia (HRSam).
O caso ocorreu em um canteiro de obras, localizado a menos de 200 metros da delegacia. O agente Josefá Jorge de Sousa, 50 anos, teria ido ao local após um homem de 22 anos comparecer ferido à unidade. A vítima relatou que um colega de trabalho o atingiu com um golpe de faca no pescoço. Imediatamente, o policial foi até o terreno vizinho para prender o autor, mas o mesmo teria revidado. Com isso, Josefá foi atingido com ao menos cinco facadas no rosto.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA