“Eu só queria roubar, não queria matar ninguém”, diz o monstro liberado por políticos que provocou acidente no Eixão Sul

“Eu só queria roubar, não queria matar ninguém”, diz bandido que provocou acidente no Eixão Sul

Lucas Braz de Lucena Júnior, responsável por provocar um acidente com dois mortos e diversos feridos neste sábado (11), no Eixão Sul, afirmou que não tinha intenção de matar. Beneficiado com o saidão de Dia dos Pais, o suspeito de 23 anos se envolveu em uma perseguição policial após roubar um carro na 505 Sul e fazer tia e sobrinho reféns.

O bandido perdeu o controle do veículo no final do Eixão Sul e acabou colidindo frontalmente com uma kombi, que, desgovernada, bateu em um outro automóvel com cinco ocupantes, dentre eles uma criança.

LEIA MAIS – SAIDÃO DO DIA DOS PAIS: Bandido colocado em liberdade pelos políticos Brasileiros, sequestra, foge troca tiro com a policia e deixa dois mortos na Asa Sul

Ainda segundo a PM, os dois ocupantes da kombi morreram ainda no local do acidente. Três ocupantes do outro veículo estão sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Dois deles estão em estado grave. A tia e o sobrinho não ficaram feridos, assim como o criminoso.

Antes de seguir para a delegacia, no banco traseiro do camburão, Lucas conversou com o Jornal de Brasília. Segundo o suspeito, ele não tinha intenção de causar nenhuma morte, mas foi obrigado a fugir depois de a Polícia Militar começar a atirar contra ele na 505 sul. Ele garante que portava simulacro de arma de fogo e não uma pistola. O objeto, no entanto, não foi encontrado.

“Eu queria aproveitar com meu filho. Fiquei dois anos preso. Infelizmente, eu fiz isso. Eu peguei o carro porque estava tentando fugir”, afirmou. Ele alega que não queria matar ninguém e preferia “levar um tiro”.

Lucas estava preso desde 2015, quando foi condenado a oito anos por roubo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Entre em nosso grupo