Empresário que havia desaparecido em Ceilândia estava vendendo picolés no Tocantins

0
1042

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do DF informou que uma equipe da Seção de Localização de Pessoas Desparecidas se deslocou, nesta quinta-feira (05), até a cidade de Araguaína, no estado de Tocantins, onde foi localizado o empresário Marcos Antônio Biângulo, de 51 anos, que havia desaparecido na última quarta-feira (27). Após contato, o homem foi levado para a delegacia local, onde prestou depoimento às autoridades policiais. Ele teria dito que fugiu do DF por causa de dívidas.

Segundo informações da Divisão de Repressão a Sequestros (DRS), ele estava morando de aluguel em uma habitação humilde, em uma região de baixa renda, e vendia picolés em um carrinho circulando pelas ruas da cidade. A família já foi contactada e informada sobre o seu paradeiro. A Polícia Civil ainda não deu detalhes sobre quando o homem deverá voltar para o DF.

Na última terça (03), após conseguir informações sobre a localização de Marcos, a polícia descartou a possibilidade do empresário ter sido vítima de sequestro ou algum outro tipo de crime. Ele desapareceu por volta das 11h do dia 27, quando foi ao banco para depositar a quantia de R$ 15 mil, proveniente da venda de um carro. Marcos é proprietário da Casa Nova Choperia e Restaurante, localizada na QNM 9, em Ceilândia.

A família estava em desespero e chegou a procurá-lo em todos os lugares possíveis. Neste tempo todo, o celular só dava desligado, segundo o filho.

Imagens registradas pela câmera de segurança de um comércio da região mostraram Marcos caminhando ao lado de um desconhecido, o que aumentou as suspeitas da família de que ele havia sido vítima de criminosos.

PARA VOCÊ

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA