Após vídeo vazado, Leo Dias pensou em tirar a própria vida

O jornalista usou as redes sociais para desabafar sobre dependência química e exposição

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leo Dias usou as redes sociais na manhã desta terça-feira (28/01/2020) para desabafar após ter vídeo vazado. Nas imagens, que começaram a circular no Twitter, o jornalista aparece usando drogas.

Em longo relato, Dias expõe seus sentimentos com relação ao uso de drogas. Ele já confirmou, em diversas ocasiões, ser dependente químico. No desabafo, o colunista do UOL afirma que pensou em tirar a própria vida após a divulgação das imagens.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leo Dias faz desabafo emocionante sobre drogas: “Tô velho demais”
“Desde as primeiras notícias envolvendo Fábio Assunção por consequência de sua dependência química, eu me privei de falar. Não por ter a mesma doença. Simplesmente porque é uma doença. Numa era em que tanto fala-se de compaixão e empatia, foi uma maneira clara de se solidarizar com a dor do outro. Se colocar no lugar do outro vale mais do que clique. Um outro episódio que marcou a minha carreira foi o vídeo do ator xxx com transsexuais. Muita gente me recriminou. E eu contestei. Se fosse uma loirinha ou moreninha, estava ótimo pra ele. Mas porque ele não pode ter preferência por trans? Qual problema? Tesão cada um tem o seu”, afirma o jornalista.

Dias continua o desabafo e fala sobre a associação do vício, além do tratamento que faz para que consiga viver sem as drogas. Ele também culpa a pessoa que estava na casa dele e que filmou toda a ação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“E até que chegou o meu dia de ser o alvo. Sexo não é intimidade, amor, sim. Por isso as chances de errarmos quem levamos pra cama é bem maior do que quem levamos pro altar. Errei ao levar para a minha casa um ser tão mal caráter. Mas estava entre quatro paredes, na intimidade do meu lar. O intruso ali não era eu. Mas eu tenho que admitir que tudo isso é consequência da droga. Na terapia, aprendi que a cocaína sempre se associa a algo para viciar mais: muitos associam o álcool à cocaína, outros o trabalho, outros (como eu) ao sexo. É isso é gravíssimo. O grande perigo da cocaína é que ela é facilmente adaptável em vários ambientes, diferentemente de outras drogas”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No fim do relato, Leo confirma a veracidade das imagens. “Eu soube da existência desse vídeo no domingo, via Twitter, um dia antes dele viralizar numa rede de conteúdo duvidoso e aquilo me deixou tão mal, mas tão mal que eu pensei em por fim a minha vida, por vergonha. Pedi perdão a Deus e que Deus tenha piedade desse senhor que se intitula jornalista. Mas como eu já expus o meu melhor e o pior de mim, estou aqui, de peito aberto, para falar de vários tabus da sociedade”, finaliza.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Fale com o DF em FOCO
Advertisment ad adsense adlogger