Após desmoronamento de ponte,hostilizado em restaurante Rollemberg “bate boca” com frequentadores

0
46

Um dia após a queda do viaduto sobre a Galeria dos Estados, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) foi hostilizado no Cantucci Bistrô, na 403 Norte, durante a comemoração do aniversário da primeira-dama, Márcia Rollemberg, nesta quarta-feira (07/02). A confusão começou quando um grupo de pessoas saiu de um estabelecimento ao lado do restaurante e, ao avistar o chefe do Buriti, entoou uma paródia da música O Bêbado e o Equilibrista, consagrada na voz de Elis Regina.

 

A versão dos manifestantes critica o desmoronamento do viaduto no Eixão Sul e a ressalta a rixa entre o Executivo local e o funcionalismo. “Caía a tarde feito um viaduto e o Rollemberg roubando nosso salário”. Após a cantoria, o grupo apontou falhas na saúde pública, como a falta de médicos e materiais em hospitais.

 

Em meio às críticas, o diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas do DF (Adasa), Paulo Salles, tentou acalmar o governador, que se exaltou. Rollemberg se dirigiu aos manifestantes e retrucou: “Vocês estão defendendo quem? A turma da Lava Jato? Vocês estão defendendo a corrupção no país?”, questionou, sem dizer especificamente a quem se referia.

 

O grupo reagiu: “Vai no Hran [Hospital Regional da Asa Norte], vai no Hospital de Base”, disse uma mulher. Rollemberg rebateu: “Quem foi que causou isso? Não fui eu”. Após o bate-boca, o chefe do Palácio do Buriti deixou o restaurante.

 

Esta não é a primeira vez em que o socialista é hostilizado após a queda do viaduto. Na última terça-feira, momentos depois do acidente, o governador recebeu vaias ao falar com a imprensa sobre a situação.

VEJA O VÍDEO

rollemberg hostilizado

Posted by DF Em FOCO on Friday, February 9, 2018

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA