COLUNA – Tudo se Resolve com Amor – Clairton Passos

0
4
As vezes a maturidade faz de nós pessoas frias e sem capacidade para amar ou perdoar aqueles que nos fizeram algum mal. Isso é muito perigoso, pois sem amor o mundo vai de mal a pior. Um dia eu fui no restaurante comunitário e nesse dia estava com muita raiva. Acho que eu tinha discutido com algum amigo e estava bem chateado. Eu entrei na fila para comprar o bilhete para pegar a marmita e fui para a outra fila para pegar a comida. No caminho tinha um jovem bem mais novo do que eu e com uma aparência bem saudável. Esse jovem quando eu passei me pediu um real para ele comprar a comida dele, e eu sem pensar duas vezes dei uma resposta digna de alguém com muita raiva e pouco amor no coração dizendo para ele ir trabalhar. Ouvindo isso o jovem ficou nervoso também e começamos uma discussão até que os guardas nos acalmaram. Eu peguei minha comida e fui embora e o jovem ficou la no estacionamento vigiando carro. Eufui para casa com mais raiva do que havia chegado, porém aquilo apertava meu coração e me fez ficar muito envergonhado e triste. Foi então que eu percebi que tinha cometido um grande erro. O erro de não amar, de não ajudar aqueles que precisam mais do que eu, o erro de não agir como um humano e pessoa de bem. Os dias se passara e eu encontrei esse jovem na rua e pensando no grande erro que havia cometido fui em sua direção pedi perdão para ele me expliquei, ele aceitou minhas desculpas e viramos colegas. Muito tempo depois eu dei a ele algumas coisas e ele ficou super feliz e hoje sempre nos falamos e estamos super bem. O amor é um sentimento que muda tudo e resolve muitos problemas e cabe a nós escolher se vamos amar ou odiar as pessoas, pois a vida é feita de escolhas. E você, o que vai fazer hoje, amar ou odiar as pessoas?
Por: Clairton Passos

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA