COLUNA – Não há Progresso sem Ordem – Clairton Passos

0
11
Antigamente dizia-se que o Brasil era o país do futuro e que o jeitinho brasileiro era o caminho que nos levaria a evolução, mas com o passar dos anos e principalmente agora no atual momento politico muitas pessoas, pelo menos as que tem bom senso, descobriram que o tal “jeitinho brasileiro” é nada mais nada menos que uma maneira de corromper principios, regras e nos desviarmos do caminho certo. Existem diversas maneiras de corromper o sistema e fazer parte dessa grade de corrupção. O jeitinho brasileiro é uma delas. Por exemplo: o sujeito joga lixo na rua e diz que joga porque tem alguém para limpar; a pessoa estaciona numa vaga reservada e a desculpa é a de que não tem vagas no estacionamento; o motorista faz retornos e ultrapassagens e não usa os mecanismos de segurança do veículo como as setas e freios, sem falar que raramente param nas faixas de pedestres pois aceleram como se estivessem numa pista de competição onde chegar primeiro é o objetivo e por aí vai. Todas essas coisas são formas de se corromper as regras do sistema e fazer do nosso país um país sem ordem. Não adianta reclamar do politico ladrão e jogar lixo na rua, não usar a seta do carro, avançar na faixa de pedestre enquanto o pedestre estende da sinal para passar, etc. Como exigir progresso se não sabemos nos organizar e manter a ordem? Para haver progresso primeiro precisamos pensar em ordem. Sendo assim segue a proposta de Ordem e Progresso.
Por Clairton Passos

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA